• Luiza Carvalho

Seja feliz em silêncio

Atualizado: 26 de Dez de 2019


2013. Lá estava eu, no meio do meu curso na faculdade, extremamente empolgada com novas possibilidades se abrindo na minha frente. Eu queria gritar para o mundo inteiro o quanto eu estava feliz. E praticamente fiz isso: a todos que me perguntavam como eu estava e como estavam os estudos, eu contava que na semana seguinte ia ter uma oportunidade maravilhosa. Começava a fazer planos, me imaginar vivendo na pele experiências que não me saíam da cabeça. Contava pra todo mundo, até para quem eu não tinha tanta proximidade, o quanto eu estava feliz.

Mas na semana seguinte, aquela semana mais que esperada, a auto confiança "inabalável" deu lugar a um mal estar que me tirou a força. A pressão abaixava, o nervosismo me dava dores no corpo e insônia. Tudo correu razoavelmente bem. Mas, no final das contas, não deu certo.

Quem me conhece, sabe o quanto eu amo conversar. E até quem não me conhece: basta 10 minutinhos de papo e já saio (saía) contando sobre minha vida. Dividir experiências é algo que me deixa muito feliz. O único problema, talvez, é pensar inocentemente que todo mundo é confiável e nos deseja o bem. Essa história que contei pode não significar nada: afinal de contas, todo mundo leva um não na vida e isso não é o fim do mundo. Mas essa é apenas uma das situações em que algo deu errado e, coincidentemente, eu estava tão confiante que saí contando para todo mundo.

Demorei a perceber que felicidade é algo para se viver calado. Como diz uma imagem que vi no instagram: "Guarda tua felicidade. Não corra por aí espalhando a novidade. Fique quietinho, sorria em silêncio. Felicidade sem plateia dura mais". Exatamente isso! Essa reflexão resume tudo. Vai acontecer algo maravilhoso na sua vida? Então fique em silêncio. Deixe acontecer, deixe concretizar. Quando nada mais puder dar errado, aí sim conte às pessoas que você confia. Não custa nada. Faça o teste.

E não me entenda errado: não quero dizer que tudo que sai do planejado é culpa de inveja ou de negatividade das pessoas que não querem ver você feliz. É fato que nem tudo na vida é como queremos, senão o mundo ia ser perfeito... Mas acredite: às vezes a inveja ou a energia ruim vem de onde menos esperamos. E às vezes as pessoas nos transmitem energias negativas até mesmo sem intenção de nos fazer mal. Eu demorei, e muito, para perceber isso. E hoje, em certos aspectos, prefiro me reservar.

Desejo que o mundo seja sempre mais e mais feliz. Porque, quanto mais gente sentindo a felicidade, menos negatividade o mundo vai ter. Assim seja.

#Textospessoais

65 visualizações