• Luiza Carvalho

A vida é um labirinto

Atualizado: 26 de Dez de 2019


Sempre me considerei uma pessoa otimista. Quando me vejo diante de problemas, por mais que não sejam tão grandes, sei que mesmo com alguma dificuldade vou conseguir sair daquela situação. Só que a vida, my friends, é um labirinto gigante. Você entra em um caminho, e de repente podem aparecer mil possibilidades de direções para seguir. Ou nenhuma. Não é simplesmente seguir em frente! É descobrir, com suas próprias pernas (e seus próprios tombos), qual caminho vai ser o melhor, ou até mesmo saber a hora de dar alguns passos para trás e tomar outra direção.

O desafio, porém, não é apenas encontrar vários caminhos e não saber por onde ir. O problema maior é aquela sensação de não estar conseguindo sair do lugar, sabe? Aposto que você também já sentiu isso. Se sentir parado, sem saber o que fazer ou sem se arriscar em nossos planos. No fundo a gente que não queria estar ali, naquele lugar, naquela situação ou com aquele problema. Olhamos para nós mesmo e vemos sonhos, objetivos... Mas não sabemos, simplesmente, o que fazer e por onde seguir. Muitas vezes me sinto assim, paralisada por um certo medo de não saber o que pode vir pela frente, aquele medo de sair da zona de conforto e me frustrar depois. Aí não arrisco me jogar.

E por ser tão incerta, a vida também nos prega algumas peças. Às vezes parece que estamos indo em um rumo certo e seguro, pisando em chão firme e seguindo em frente. E de repente algo nos pega de surpresa. Sim, porque quando a vida dá aquele respiro, alguma coisa acontece e espanta a calmaria. A vida é assim mesmo. E o mais importante: a gente nem sempre vai saber onde está a saída de todos os problemas! E tá tudo bem se sentir assim. Precisamos apenas confiar que em nosso coração encontraremos as respostas e a direção a seguir. É aquela hora de exercitar ainda mais nosso autoconhecimento.

A gente está em um labirinto constante.

Mas e se escolhermos olhar para aqueles caminhos que nos trazem felicidade? É certo que eles não estarão o tempo todo aí. Mas a vida, por mais que às vezes nos encurrala e nos deixa sem saída, também nos surpreende com coisas boas no caminho. Gente interessante, novos conhecimentos, situações inesperadas e que fazem a gente crescer.

Calma... devemos estar na direção certa sim. A graça de todo esse labirinto é mesmo se desafiar nos caminhos desconhecidos e aprender com cada situação, por mais que nem sempre esteja favorável. Talvez a graça de tudo não seja só chegar ao fim ou ao topo, mas sim desfrutar do caminho. E independente de onde a gente vai chegar, temos que fazer cada passo valer a pena. Olhar para trás e ver o quanto a gente se transformou enquanto caminhava. Esse é o foco. Continuemos andando.

#Textospessoais

0 visualização