• Luiza Carvalho

Nossa história #DiáriodeNoiva #2

Atualizado: 13 de Dez de 2019


Oi pessoal, tudo bem?

Depois de publicar o primeiro post da série #DiáriodeNoiva por aqui, comecei a pensar quais os próximos assuntos e sobre o que eu queria falar. Muitas, muitas ideias! Mas vou começar bem do comecinho: quero registrar por aqui como a gente se conheceu. Uma história que foi ficando cheia de desafios e com surpresas que nos fizeram adaptar as rotas (isso vai ser assunto para outro post, porque eu quero falar de uma forma especial sobre relacionamento à distância).

Eu e o Pedro nos conhecemos em 2011, em uma festa que minha turma de ensino médio realizou na escola para arrecadar dinheiro para a comissão de formatura. Minha prima Letícia, nossa super cupida, mal sabia que ao me apresentar um amigo dos amigos ia formar um casalzão ali! kkkk Quando ela me apresentou o Pedro confesso que fui bem seca, só dei oi e saí andando, porque naquele dia eu estava meio triste. Cheguei a comentar com uma amiga que fui com a cara daquele moço, mas não segui adiante nem em uma conversa mais longa. E festa que segue, vida que segue...

Mas vocês pensam que ele me tirou da cabeça? Tirou não! (Ainda bem hehe)

O Pedro foi um garoto persistente. Falou com o amigo, que falou com minha prima, que passou meu telefone... E de repente, no meio de uma aula, recebo um SMS. Siiiim, SMS! "Oi, aqui é o Pedro, aquele da festa, lembra?" E ali começou uma conversa que, quando percebi, me envolveu tanto que eu não conseguia mais passar muito tempo sem falar com ele. Sabe a tal borboleta no estômago? Pois é. O coração dava uma palpitada...

Olha essas carinhas de adolescentes HAHAHA! A primeira foto foi em Uberlândia, no show do Paralamas do Sucesso, e essa segunda foi em Recife, no Instituto Ricardo Brennand

A primeira vez que saímos juntos é o dia que até hoje contamos como o nosso início de namoro. 24 de setembro de 2011. Foi naquele dia que ele me perguntou, com um jeito todo tímido, se podia me chamar de "meu anjo". Foi naquele dia que tudo começou mesmo, e que eu senti que não era uma historinha qualquer. O relacionamento fluiu tão naturalmente que não rolou um pedido oficial de namoro... só aconteceu mesmo.

E foi assim o nosso comecinho de história, como a gente se conheceu. Eu com 17 e ele 18. Na época ele tinha cabeça raspada, porque fazia tiro de guerra, e eu era uma pré-vestibulanda na reta final de terceirão. Deu match! Hoje eu olho pra trás e vejo o quanto a gente mudou. Éramos dois tímidos magrelos hahaha, e hoje um casal cheio de planos, sonhos e histórias boas pra contar.

<3

#DiáriodeNoiva #Casamento #SessãoNostalgia #Textospessoais

0 visualização